GNR terá chicoteado assaltantes que furtaram carros e máquinas de tabaco

Major da GNR foi condenado a quatro anos de prisão efetiva por crimes de tortura. O militar foi, entretanto, colocado no comando da formação da GNR. Mas a TVI sabe que apenas desempenha funções administrativas. A decisão ainda não transitou em julgado e a defesa garante que vai recorrer da sentença.

Sobre "Jornal da Uma"