Greve de trabalhadores do Amadora-Sintra regista adesão superior a 95%

Consultas externas encerradas, segundo o sindicato que decretou a paralisação. Os trabalhadores reivindicam a aplicação neste hospital do acordo coletivo de trabalho que vigora em todas as unidades hospitalares EPE do país. Os trabalhadores reclamam ainda o salário mínimo da Função Pública (635 euros) quando o Amadora-Sintra está a pagar 600 euros.