Há cada vez mais doentes a pedirem consultas fora da área de residência

É uma forma de contornar as listas de espera, que em algumas especialidades ultrapassa e muito os 5 meses recomendados por lei. Os administradores hospitalares dizem que é tudo uma questão de orçamento.