A procura pelos chamados partos sem intervenção médica, apenas com a presença de uma equipa de enfermeiros especialistas, está a ganhar expressão em Portugal