Há escolas do Algarve que continuam sem professores

Quase dois meses depois do início do ano letivo faltam ainda cerca de 100 docentes nas escolas do Algarve.

A denúncia é do sindicato dos professores da zona sul que diz que o terceiro ciclo e o secundário são os graus de ensino mais afetados.

Sobre "Jornal da Uma"