Há mais de mil doentes internados todos os dias por motivos sociais

A falta de resposta da rede nacional de cuidados continuados integrados  e a incapacidade de familiares ou cuidadores de receberem o doente são as principais razões para estes internamentos