“Há muitos dirigentes que são dos que mais contribuem para o tráfico humano”

Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, comenta a reportagem do programa Alexandra Borges sobre jovens estrangeiros que vêm para Portugal com promessas de virem a ser estrelas do futebol, mas acabam sem nada. É um caso de jovens futebolistas que foram vítimas de uma máfia do futebol. “Este é um tema civilizacional que está em toda a Europa”, afirmou.

 

Sobre "Alexandra Borges"