Homem e mulher detidos por burla em negócio no ramo imobiliário

Várias pessoas foram burladas em 200 mil euros, por causa de falsos negócios de compra e venda de casas. Um advogado e uma agente imobiliária convenciam os clientes a investirem em casas, a troco de obterem lucros com a venda. O esquema era uma fraude e os clientes nunca receberam o dinheiro investido.