"Hora da Verdade Covid-19": o voluntário dos testes da vacina de Oxford morreu por causa da vacina?

Na rubrica "Hora da Verdade Covid-19", uma parceria entre a TVI e o jornal Observador, analisámos a seguinte pergunta: o voluntário dos testes da vacina de Oxford morreu por causa da vacina?

Carla Jorge de Carvalho esclareceu que João Pedro Feitosa, médico brasileiro de 28 anos, morreu em outubro, estava infetado com covid-19 e era um dos voluntários.

“O que é importante dizer é que ele fazia parte do grupo de controle dos testes de vacina, ou seja, aquele que recebe o placebo e não propriamente a vacina que está a ser investigada. A João Pedro Feitosa nunca lhe foi administrada esta produção de vacina, portanto, ele nunca passou por isso”.

Isto significa que não pode ser feita nenhuma associação à administração desta vacina. Na escala da "Hora da Verdade", esta alegação é falsa.

Sobre "Segunda Vaga"