“Hora da Verdade”: vibrações acima de 25,5 hertz aniquilam o SARS-CoV-2?

A “Hora da Verdade” é uma parceria entre a TVI e jornal Observador que analisa a veracidade das principais teorias que circulam entre os portugueses.

Na edição dedicada à covid-19, desta sexta-feira, verificámos uma publicação, feita nas redes sociais, que garante que vibrações acima do 25,5 hertz matam o novo coronavírus.

De acordo, com a escala de classificação utilizada, esta teoria é “ERRADA”.

Pedro Raínho, jornalista do Observador, explica que contactou o físico Carlos Fiolhais, que reiterou que os vírus não vivem de vibrações e que o SARS-CoV-2 não é uma exceção.

Sobre "Segunda Vaga"