O presidente da Câmara de Aljezur, José Gonçalves, garante que não houve pessoas em perigo e que seis foram retiradas das suas casas por precaução