Incêndio em Castro Marim é o maior do ano, consumiu quase 7 mil hectares

Alguns dos que tiveram prejuízos com o fogo que começou em Castro Marim e que chegou a Tavira e Vila Real de Santo António, dizem-se abandonados e têm queixas das autoridades.

Uma parte da população diz que se sentiu abandonada. 

Uns perderam tudo, outros tiveram mais sorte, mas em comum tiveram a coragem de defender o trabalho de uma vida com o que tinham à mão.

Sobre "Jornal das 8"