Indícios "mais do que suficientes" dos crimes de Diana Fialho e Iuri Mata

Juiz decidiu levar a julgamento Diana Fialho e o marido, Iuri Mata, acusados de homicídio qualificado e profanação de cadáver da mãe de Diana, a professora Amélia Fialho. O magistrado considerou que há indícios "mais do que suficientes" dos crimes cometidos.