Uma mulher terá sido vítima de violência doméstica durante mais de dez anos, sem nunca apresentar queixa. Alem das agressões, o suspeito terá instalado um sistema de vídeo para controlar a mulher no trabalho.