O jornalista da TVI Henrique Machado explica que a decisão de leitura da sentença do homicídio de Amélia Fialho, esta segunda-feira, revela que o juiz já tinha uma decisão pré-concebida das penas a aplicar aos dois suspeitos antes dos acertos nas alegações finais.