Em Portugal há dezenas de jovens venezuelanos que fugiram da incerteza do seu país, para procurar uma formação universitária. Querem estar preparados para um dia regressar à Venezuela e ajudar a reconstruir o país.