Lar de Aveiro espera há duas semanas por material prometido pela DGS

Quinze pessoas morreram e quase uma centena estão infetadas no lar da Santa Casa da Misericórdia em Aveiro.

Ribau Esteves, presidente da autarquia, lança duras críticas às autoridades de saúde devido à ausência de testes que poderiam ter salvo vidas.

Sobre "Jornal das 8"