Lei que proíbe publicidade a alimentos prejudiciais a crianças entra em vigor mas despacho não está concluído

A lei que proíbe a publicidade a alimentos prejudiciais para as crianças devia ter entrado ontem em vigor, mas o despacho ainda não está concluído. A Direção-Geral da Saúde está ainda a fazer uma lista dos produtos com alto teor de sal, açúcar e gorduras.

Sobre "Notícias"