Lisboa: maternidades já não vão fechar de forma rotativa durante o verão

A solução alternativa encontrada, pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo passa por contratar 34 médicos, em diferentes especialidades para colmatar a falta de recursos humanos.