Manuel Godinho volta a ser julgado em Aveiro acusado de fraude fiscal

Manuel Godinho está de novo a ser julgado no tribunal de Aveiro, acusado de fraude fiscal em que terá lesado o Estado em 330 mil euros.

O julgamento começou esta manhã, mas sem a presença do sucateiro que foi a figura central do processo "Face Oculta".

Sobre "Jornal das 8"