Matthias Schmelz deve ser constituído arguido assim que regressar a Portugal

Os encontros que o empresário alemão manteve em sua casa e em hotéis aconteceram com a participação de raparigas com idades a partir dos 14 anos. Em causa, pode estar o crime de recurso à prostituição de menores, já que o crime de abuso de sexual de crianças apenas se aplica para vítimas até aos 13 anos. O empresário alemão será constituído arguido a partir do momento em que regresse a Portugal.

Sobre "Jornal das 8"