Matthias Schmelz ia buscar as menores à porta das escolas

Foram várias as motivações das jovens que aceitaram participar, a troco de dinheiro, em orgias com o milionário alemão Matthias Schmelz.

Algumas diziam que precisavam do dinheiro para alimentar vícios, mas outras queriam apenas comprar bens materias, como malas e telemóveis. 

Como a TVI já deu conta numa outra reportagem, o empresário contava com a ajuda de uma menor de 15 anos para a angariação de outras jovens para os encontros sexuais.

As raparigas eram abordadas e recrutadas na Escola Secundária de Vergílio Ferreira, em Telheiras, Lisboa. Muitas delas, chegavam mesmo a apanhar boleia do próprio Matthias Schmelz, à porta do estabelecimento.

Sobre "Jornal das 8"