Médicos do Garcia de Orta obrigados a fazer horas extra. Sindicato vai pedir audiência urgente com o Governo

A situação das urgências de pediatria em Almada tem sido um problema corrente na área da saúde.

O encerramento noturno do serviço já tinha sido decretado, motivado pela falta de médcios em número suficiente para assegurar os turnos.

Agora, o Sindicato dos Médicos da Zona Sul veio denunciar um efeito supreendente desta situação: acusam o Ministério da Saúde de obrigar os médicos de família a fazer horas extraordinárias por causa do encerramento da urgência pediátria do Garcia de Orta.

Sobre "Jornal das 8"