Médicos ilibados de responsabilidade na morte em São José

O relatório do hospital de São José à morte de David Duarte, de 29 anos, que morreu em dezembro 2015 enquanto esperava pela cirurgia a um aneurisma, iliba médicos e enfermeiros. As conclusões referem que quem não estava escalado para o serviço não pode ser responsabilizado pela falta de assistência. O caso levou à demissão da direção do hospital, bem como da equipa da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo. 

Sobre "Jornal da Uma"