Médicos internos de Tondela-Viseu denunciam assédio moral da diretora

A Ordem dos Médicos denunciou casos graves de assédio moral e de burnout no serviço de medicina interna do Centro Hospitalar Tondela-Viseu.

Os médicos em causa, presentes numa reunião com a Ordem, pedem a substituição da diretora de serviço e afirmam que esta situação pode vir a comprometer o funcionamento e o atendimento aos doentes.

Sobre "Diário da Manhã"