Menores que participaram em orgias de milionário alemão eram recrutadas através do Instagram

Matthias Schmelz, o milionário alemão que está a ser investigado pela Polícia Judiciária por suspeitas de pagar por orgias com grupos de raparigas menores, contava com uma rapariga de 15 anos para a angariação de ourtras jovens para os encontros sexuais.

As raparigas eram abordadas e recrutadas na Escola Secundária de Telheiras, em Lisboa, mas o negócio ficava consumado através da rede social Instagram.

As mães de algumas destas jovens fizeram a denúncia às autoridades há um ano e agora contaram tudo em exclusivo à TVI.

Sobre "Jornal das 8"