Aos 26 anos, Miguel Duarte está a braços com a justiça italiana por ter dado a mão a milhares de refugiados que tentavam atravessar o Mediterrâneo. Am 2017, o jovem português juntou-se a uma organização não governamental alemã e ajudou a resgatar cerca de 14 mil pessoas  em quatro missões de socorro. Arrisca 20 anos de prisão.