Militar que atropelou mortalmente ciclista condenado a quatro anos de prisão

O tribunal de Beja deixou em liberdade o militar da Força Aérea que alcoolizado atropelou mortalmente um ciclista e fugiu, sem prestar socorro à vítima. O tribunal valorizou várias atenuantes e condenou o militar a quatro anos de prisão, mas com pena suspensa.

Sobre "Jornal das 8"