A Polícia Judiciária deteve, esta quarta-feira, quatro militares da GNR por crimes de sequestro e agressões contra dois imigrantes nepaleses. O caso remonta a setembro de 2018.