Ministério Público investiga administração ilegal de sedativos no aeroporto de Lisboa

O processo que investiga a morte de Ihor Homeniuk, cidadão ucraniano assassinado no aeroporto de Lisboa, levou o Ministério Público a encontrar casos de outros imigrantes que falam em administração de sedativos sem que os cidadãos tivessem o conhecimento de que estavam a tomar os fármacos.

Sobre "Jornal das 8"