Ministério Público persegue editor de Justiça da TVI para descobrir fontes

É considerado um dos mais violentos ataques à liberdade de imprensa, depois do 25 de abril. Dois jornalistas foram espiados e vigiados pelo Ministério Público, que queria descobrir as suas fontes de informação.

Em causa está o atual diretor de Justiça da TVI, Henrique Machado, e um jornalista da revista Sábado, que são agora arguidos num processo por violação do segredo de justiça do E-Topeira. 

Sobre "Jornal das 8"