Ministro do Ambiente admite deslocar aldeias mais expostas ao perigo de cheia

Com o caudal do Mondego a baixar, o ministro do Ambiente admite que poderá vir a ser necessário deslocalizar algumas das aldeias do Baixo Mondego.

O presidente da Câmara de Montemor-o-Velho não nega essa possibilidade, mas avisa que vai ser muito difícil convencer as populações.

Entretanto, o presidente da república já fez saber que vai visitar as zonas afetadas pelas cheias no próximo sábado, à tarde.

Sobre "Jornal da Uma"