Misericórdias pedem critérios mais claros no processo de vacinação

Multiplicam-se as polémicas em volta da vacinação de dirigentes de Misericórdias e Instituições de Solidariedade.

No entanto, na maior parte dos casos, a presença física nas instituições é permanente, o que justifica a prioridade de vacinação.

Sobre "Jornal da Uma"