Morte de Sá Carneiro: “As comissões de inquérito todas disseram que tinha sido um atentado”

O irmão de António Patrício Gouveia, Chefe de Gabinete do Primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro e que também morreu no desastre de Camarate, Alexandre Patrício Gouveia, acredita que a queda do CESSNA foi um atentado.

Patrício Gouveia lembra que todas as comissões de inquérito parlamentares, ente 1994 até 2015, afirmaram que a queda do avião se tratou de um atentado.

Contudo, a justiça portuguesa nunca reconheceu que a queda do avião Cessna teve mão criminosa.

O irmão de António Patrício Gouveia é o autor do livro “Os Mandantes do Atentado de Camarate”, que expõe alguns testemunhos que provam a teoria de que o desastre matou Sá Carneiro não foi apenas um acidente.

Sobre "Notícias"