"Nem a Câmara de Loures sabe quantas paragens foram limpas por Jorge Bernardino"

Resposta do jornalista André Carvalho Ramos às reações de PCP e autarquia, na sequência da investigação da TVI que revelou a contratação do genro de Jerónimo de Sousa por ajuste direto. Onze mil euros por mês, só no último contrato, que prevê fazer a limpeza e manutenção de paragens de autocarros e ‘mupis’ de publicidade na zona de Loures. Num dos meses, recebeu esse valor, limitando-se a mudar oito lâmpadas e dois casquilhos.