Novo confinamento: “O que hoje é verdade amanhã pode não o ser”

 

O médico de saúde pública Ricardo Mexia analisou esta quarta-feira a possibilidade de um novo confinamento e afirmou que é necessária uma percepção de que o “que é verdade hoje pode já não o ser amanhã”, neste sentido temos de ser cautelosos. 

O especialista alerta ainda que a falta de controlo do estado da saúde pública pode, no limite, levar a um novo confinamento.

Sobre "Notícias"