“O argumento de que o sémen pode ser usado por uma mulher mal-intencionada é terrorista”

Garcia Pereira acusou Sofia Vala Rocha de ser contra a alteração da lei, que datada de 2016. O jurista explica que o argumento de que o sémen, de um marido falecido, puder ser utilizado por uma mulher mal-intencionada é “terrorista”.

Sobre "Alexandra Borges"