O escândalo de corrupção que atinge várias autarquias do Norte

Grande operação anticorrupção levou a PJ a deter o presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, o presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, o diretor do IPO do Porto, Laranja Pontes, e Manuela Couto, mulher de Joaquim Couto e dona de uma empresa de comunicação. São suspeitos de crimes de corrupção, tráfico de influências e participação económica em negócios de contratação pública.

Sobre "Notícias"