"O próprio presidente alemão agradeceu-me a forma excecional" como decorreu o socorro

Assim que chegou ao Funchal, o Presidente da República deslocou-se ao local do acidente e cumpriu um minuto de silêncio em memória das vítimas do trágico acidente de autocarro, que tirou a vida a 29 pessoas - turistas alemães - e provocou 27 feridos, entre os quais o motorista e a guia turística