Operação Antídoto: esquema criminoso estava centrado numa farmácia da Amadora

Cinco médicos e um farmacêutico estão entre os 11 detidos por suspeitas de fraude ao Serviço Nacional de Saúde no valor de um milhão de euros. Os 11 arguidos terão montado um esquema fraudulento de prescrição de medicamentos altamente comparticipados pelo Estado. Estão em causa crimes como corrupção, burla qualificada e associação criminosa.