As centenas de escutas que a Polícia Judiciária fez no âmbito da operação Caixa de Pandora, fazem prova do alegado esquema de fraude com os certificados para motoristas de viaturas ao serviço da Uber, Cabify e até Kapten, além de motoristas de transportes colectivos de crianças. Em apenas cinco meses, mais de 380 motoristas obtiveram certificados de condução de forma ilegal