Sacerdote responsável pela paróquia de Lustosa e Vilarinho tem um filho com 9 anos, mas a população não se mostra surpreendida