Padre confessa que 50% dos sacerdotes são gays

Krzystof é polaco e era padre há um ano. Até foi promovido. E depois expulso da Igreja Católica por assumir a sua homossexualidade. Escreveu um livro e conta, em entrevista à TVI, que todos os dias recebe ameaças

Sobre "Notícias"