"Pede-se agora aos profissionais que corram um sprint, depois da maratona"

Ricardo Mexia, presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública, defendeu esta sexta-feira que a situação está mais complicada em Lisboa, mas que isso não significa que a pandemia esteja resolvida no resto do país.

Sobre "Jornal das 8"