As perícias da Polícia Judiciária, através da análise aos computadores apreendidos na Hungria, demonstraram que Rui Pinto é mesmo o autor do roubo dos e-mails do Benfica