Pico de gripe ainda não chegou e as urgências já estão a rebentar pelas costuras

O frio a instalar-se e já estão a entrar em pré-colapso algumas urgências hospitalares. No Hospital Amadora-Sintra, o tempo médio de espera para doentes urgentes chegou a ser de oito horas. E agora, que as autoridades de saúde antecipam o início do pico da gripe para os próximos dias, aguarda-se a concretização da promessa de reforçar as equipas médicas.