Polícias davam informações sobre rusgas a cafés com máquinas de jogo ilegais

Um agente da PSP, um GNR e um elemento da Autoridade Tributária estão entre os 16 detidos duma operação do DIAP de Sintra que investiga crimes de corrupção e exploração ilícita de jogo