Prédio Coutinho: "Demolição não passou de um momento de fait divers"

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga aceitou a providência cautelar interposta pelos moradores do prédio Coutinho. As declarações do advogado Francisco Vellozo Ferreira à TVI