Prédio Coutinho: restam nove proprietários e cinco ainda moram no edifício

A sociedade Vianapolis chegou a acordo com um dos últimos proprietários que ainda não tinha entregue as chaves da sua habitação, no conhecido Prédio Coutinho, em Viana do Castelo.

Ainda restam outros nove proprietários que têm a ação de despejo suspensa por uma providência cautelar no tribunal.

A Vianapolis mantém a intenção de despejo coercivo, se necessário com recurso às autoridades.

Sobre "25ª Hora"