Presidente do Supremo "preocupado" com greve dos juízes

António Piçarra admite, no entanto, que todos têm direito à greve.